Pastoral Vocacional em Governador Mangabeira

O Serviço de Animação Vocacional funciona como encontros mensais, com duração de mais ou menos três horas, ou encontro semanal, com duração de uma hora. Nestes encontros são debatidos: 

As etapas do Itinerário vocacional:

  • Despertar;
  • Discernir;
  • Cultivar;

As três dimensões da vocação: humana; cristã; específica.

Os temas:

  • VOCAÇÃO HUMANA – Viver é amar – As 10 idades;
  • VOCAÇÃO CRISTÃ – Batismo – “Fontes de todas as vocações”;
  • VOCAÇÃO ESPECÍFICA, e dentro desta:
  • Vocação Eclesial
  • Vocação leiga;
  • Vocação sacerdotal;
  • Vocação religiosa;
  • Vocação matrimonial.

Dentro da formação Humana, destacamos:

  • Treinando a emoção para ser feliz – Autoestima;
  • Juventude – Amor – Sexo; 
  • Dez leis para ser feliz;
  • A vocação no Novo Testamento;
  • Vai! Estou contigo - As vocações no Antigo e Novo Testamento;

A dinâmica destes encontros inclui: mística, trabalhos de grupo, coreografias, apresentações teatrais, dinâmicas de participação e descontração, cantos, animação.

Além dos encontros do SAV a Pastoral de Animação Vocacional realiza o Retiro de Opção de Vida (ROV): um retiro para jovens que já fizeram uma caminhada no SAV e desejam passar mais tempo em silêncio para rezar, refletir, ouvir, descobrir e discernir sua vocação específica. É um aprofundamento das vocações específicas – mas em clima de oração e orientações. Qual é o meu chamado? Onde e como posso e devo viver o meu Batismo para ser feliz?

Nos últimos anos fizemos o ROV em regime de externato, embora geralmente ele aconteça numa casa de encontros. Durante 3 dias, os jovens chegam em nossa casa às 08:00hs e retornam para as próprias casas às 17:00hs.  Isto facilita a participação.

As experiências que fizemos até hoje mostram que: O ROV é uma grande benção, graça especial para cada participante. Os jovens participam muito bem. No final destes retiros, para que a jovem possa dar continuidade a isto que rezou nestes dias recomendamos: Continuar o acompanhamento regular e individual com a orientadora. Pois não basta ser chamado e sentir o chamado para uma vocação específica, sobre tudo é preciso dar uma resposta coerente. Quem chama é Deus! Mas a orientadora pode e deve: despertar, discernir, cultivar, orientar.

 

 

voltar para Animação Vocacional

left show bds b02s fsN normalcase tsY fwB|show tsN left fwB|left show fwB|b04 bsd|||news login c10 fwB fsN|normalcase uppercase fwB c10|c10 fwB|login news normalcase uppercase fwB c10|tsN normalcase uppercase c10 fwB|normalcase uppercase c10|content-inner||