Carisma

Nós somos chamadas a viver em comunidade, testemunhando como franciscanas Jesus Cristo crucificado e ressuscitado, fonte de esperança e alegria, colocando-nos a serviço da vida, sendo solidárias, preferencialmente, com o povo empobrecido e oprimido, participando com ele do processo de libertação.

 

carismaO carisma* envolve todos os aspectos de nossa vida, de modo particular a identidade de cada Irmã; é a fonte onde buscamos a força para nosso apostolado e onde encontramos a unidade na diversidade.

Nosso carisma deriva do ser e agir de nosso Fundador, Frei Teodósio. Ele fez uma experiência profunda de Deus e desejou cooperar com o Cristo na salvação do mundo através da caridade e das ações sociais. Frei Teodósio recebeu o carisma, o dom de ser e agir, o dom de ser homem apaixonado por Deus e por este amor fazer tudo para o bem das pessoas e da criação.

Através da partilha de fé ele comunicou a sua experiência de Deus as primeiras jovens Irmãs, entre elas Irmã Maria Teresa, que viria a ser a Co-Fundadora do Instituto das Irmãs de Caridade da Santa Cruz. De forma que, estas Irmãs se entusiasmaram e responderam ao convite para seguir a Jesus, colocando-se a serviço das necessidades do tempo. Assim, cada membro recebe o dom/carisma de continuar o que foi iniciado pelo fundador: arriscar a loucura do amor, que nos faz participar da Cruz e Ressurreição de Jesus procurando cumprir a vontade de Deus nas necessidades do tempo.

 

*Carisma do grego khárisma, atos, graça; quer significar favor, benefício. Traduzindo do latim charísma, àtis: dom da natureza, graça divina. Na língua portuguesa tem dois sentidos, um laico e outro ligado a religião cristã. 

Para o Dicionário Houaiss a palavra é amplamente utilizada para definir a influência e fascinação por alguma pessoa. O carisma está ligado a forma da pessoa de ser e de agir. Em rubrica da sociologia significa autoridade, fascinação irresistível exercida sobre um grupo de pessoas, supostamente proveniente de poderes sobrenaturais. Por analogia é o conjunto de habilidades e/ou poder de encantar, de seduzir, que faz com que um indivíduo desperte de imediato a aprovação e a simpatia das massas.

Para as denominações cristãs indica um dos diversos dons espirituais ou graças especiais concedidos pelo Espírito Santo, às pessoas que desejam servir a Deus, servindo às pessoas.

Entre os cristãos católicos, os carismas também chamados Dons do Espírito Santo, segundo o Compêndio do Catecismo da Igreja Católica, "são dons especiais do Espírito, concedidos a alguém para o bem da comunidade, para as necessidades do mundo e, em particular, para a edificação da Igreja" (n. 160). Os Carismas se enraízam nos sete dons de santificação, descritos em Is 11, 2: Sabedoria, Entendimento, Conselho, Fortaleza, Ciência, Piedade e Temor a Deus. Estes geram diversas formas de atuação como instrumentos do próprio Deus na Igreja para seus fiéis e para o mundo, na construção de um Reino de irmãos. Como exemplos, têm-se a vida religiosa contemplativa, apostólica, missionária e a vocação Sacerdotal (pastoral).

Neste sentido o Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa define carisma como força divina conferida a uma pessoa, mas em vista da necessidade ou utilidade da comunidade religiosa. Este dicionário ainda define carisma como atribuição a outrem de qualidades especiais de liderança, derivadas de sanção divina, mágica, diabólica ou apenas de individualidade excepcional.

Bibliografia

Dicionário Houaiss. Versão monousuário 2009.3. Instituto Antônio Houaiss. Editora Objetiva Ltda. 

Ferreira, Aurélio Buarque de Holanda. Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa. 3. ed. Curitiba: Positivo, 2004.

left show bds b02s fsN normalcase tsY fwB|show tsN left fwB|left show fwB|b04 bsd|||news login c10 fwB fsN|normalcase uppercase fwB c10|c10 fwB|login news normalcase uppercase fwB c10|tsN normalcase uppercase c10 fwB|normalcase uppercase c10|content-inner||